Paramitta

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

Karate - Shotokan

O Karate-do, Caminho das Mão Vazias, arte marcial japonesa, pode ser  praticado por crianças, adolescentes, adultos e idosos, de ambos os sexos.

Karate foi originado em Okinawa, com influências de artes marciais chinesas, há aproximadamente doze séculos. À medida que a arte foi sendo desenvolvida, estudada, cultivada e transmitida através das gerações, mudanças e contribuições foram somadas para a formação de diversos estilos de karate em evidência atualmente.

Há milênios já existiam formas de lutas sem armas, e na época dos samurais no Japão, não existia o conceito de esporte. Os guerreiros praticavam artes marciais também como forma de exercícios físicos, através dos quais educavam a disciplina, a moral, o civismo e impunham a paz e a moral à sua Nação.

O grande responsável pelo desenvolvimento do karate foi o mestre Gichin Funakoshi, que em 1922, introduziu o karate como esporte no Japão e foi convidado pelo ministério da educação japonês, para dar aulas de karate nas escolas e universidades do país. O mestre Funakoshi pretendeu com seu método, que visava à educação física como forma de defesa pessoal, aliada à filosofia dos samurais, mas com base científica, ajudar os estudantes em sua formação como homens e cidadãos úteis à sociedade, tudo isso, sem perder o verdadeiro espírito marcial da luta.

O Karate foi considerado "arte divina" pela sua grande eficiência no combate real. Um dos fatos mais importantes para o desenvolvimento do Karate foi o surgimento do "Karate-competição" como esporte. Nos anos 30 e 40, o Karate começou a se espalhar pelo mundo.

Atualmente, o treinamento do Karate-do é sistematizado e dividido em três componentes: Kihon, Kata e Kumite.

Kihon é a prática de técnicas fundamentais: bases, defesas, socos e chutes. É no Kihon que o karateca consegue atingir uma potência muito forte e firme e também velocidade e força nos seus pés.

Kata são exercícios formais, ou, movimentos estilizados de Karate executados de maneira encadeada e pré-determinada, representativos de um estilo de Karate. Os iniciantes do Karate aprendem desde cedo que o Kata é uma luta imginária contra 2 ou mais adversários, mas eles também possuem objetivos e aplicações onde reúnem todo o conhecimento e beleza do Karate-do.

Kumite é o combate propriamente dito. No Kumite pode-se aplicar, com a ajuda de um colega, as técnicas praticadas anteriormente com o treino de Kihon e Kata.

Supervisão Prof. Julio Bassan (6º DAN)

Clique aqui para ver os horários ofertados